SAUDADE


SAUDADE


Sentimento de muitas matizes,
Agudas... perenes...
Vividas, sentidas.
Às vezes amarga e doída,
Muitas vezes suave e doce.
Lembranças de corpo e de alma.
 
Saudade de todos os tempos.
Multiplas saudades !
 
Saudade dos que estão, para sempre,
Mas já se foram.
 
Saudade dos que sem ir, presentes,
Não mais estão.

Wagner Mar

Comentários

  1. Querido Wagner... Parabéns, só quem sente saudades viveu para sentir. Abs, JNeto.

    ResponderExcluir
  2. Com toda certeza as pessoas que a gente ama e que partem , quando lembradas com beleza ( por formas carinhosas como a desta poesia ) retornam dentro da gente e ganham um lugar especial – e muitas vezes é só isto que é necessário

    Abçs

    Oswaldo

    ResponderExcluir
  3. Wagner

    Muito bonito !!

    Cesar

    ResponderExcluir
  4. Mar

    Belas palavras.
    Gostei.
    Roberto

    ResponderExcluir
  5. Saudade é a confirmação de que algo bom se viveu ...

    ResponderExcluir
  6. Estimado amigo Wagner,
    excelente leitura, você é um romântico incurável.

    Abraço,
    Ricardo Cortez

    ResponderExcluir
  7. Olá amigo
    Muito lindo: "dos que estão, mas já se foram; dos que mesmo presentes, já não estão"... Pura magia de sentimentos. Adorei!
    Bjs
    Cleide

    ResponderExcluir
  8. Meu caro amigo Mar, eu tive uma sensação idêntica quando minha mãe foi para a companhia do Pai e sei como você está se sentindo. Com o tempo a dor ameniza mas não há o que a alivie. Tenha a certeza que ela está junto ao Pai e está sempre intercedendo diretamente a Ele por você e por sua família. Abraços

    ResponderExcluir
  9. Deixei hoje meu comentários sobre o texto Saudade e acabei não colocando meu nome: sou seu amigo de longa data Ivan de Souza e fiquei triste ao saber que você não irá postar mais suas lindas poesias. Tenha a certeza de que sentirei falta de seus lindos textos. Abraços. Ivan

    ResponderExcluir
  10. Cristina Figueiredo23 de junho de 2014 10:24

    Linda poesia. Acho que a última estrofe foi a que mais me emocionou, pois tenho minha mãe com Alzheimer há mais de 12 anos.
    Aproveito para dizer que foi com tristeza que tomei conhecimento da sua decisão de se afastar, mesmo que temporariamente, da publicação de suas poesias no blog.
    Era muito gostoso o dia em que recebia seu email avisando de uma nova criação.
    Espero que sua reflexão seja frutífera e que você retorne logo mais ao blog nos brindando com outras lindas poesias.
    bjs, Cristina (do Clube Paineiras)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas